UniBB: Como validar ideias de funcionários para gerar impacto

O que você vai ler aqui:
  • O que foi o Bootcamp Leader X e como ele funcionou.
  • Como ajudamos a UniBB a validar ideias dos funcionários para aprimorar a experiência do cliente interno e externo.
  • De que forma funcionários podem impactar positivamente suas organizações com a inovação.

Em uma empresa, estimular colaboradores a pensar em novas soluções que impactem positivamente o trabalho não é uma tarefa simples. E não basta apenas colher ideias inovadoras, é preciso saber como validá-las e torná-las executáveis.

Em organizações de grande porte, o desafio assume ainda maiores proporções: são milhares de funcionários de diversas áreas e em diferentes lugares do país, com muitas sugestões que podem trazer mudanças estratégicas neste momento de Transformação Digital.

Neste contexto, a UniBB convidou o CESAR para acelerar e otimizar o processo de validação das ideias trazidas pelos funcionários, alinhadas aos objetivos estratégicos da instituição.

Bootcamp Leader X

O Leader X mostrou aos funcionários como aplicar a metodologia de validação de ideias de negócio que estão na fase de descoberta do problema e da solução.

O programa teve participação ativa dos funcionários, que aprenderam como funciona esse processo. A proposta era criar novos negócios ou soluções para desafios internos do Banco ao aplicar jornadas de experiência rápida.

Foram mais de 1500 ideias submetidas por meio de um jogo online, das quais 327 passaram para a segunda fase. Destas, 50 foram escolhidas para participar do programa.

Veja como funcionou:

1. Os 50 participantes puderam assistir a webinars online sobre pitches técnicos e comportamentais para preparar as defesas dos seus projetos de forma clara e objetiva, com a ajuda de mentores especialistas para tirar dúvidas.

2. As ideias foram submetidas em forma de vídeo e 10 foram escolhidas com base em critérios como: alinhamento com os objetivos da organização, escalabilidade, viabilidade e levantamento de riscos.

3. Os participantes que não tiveram ideias selecionadas foram redistribuídos em times multidisciplinares, trazendo suas competências e habilidades para desenvolverem as ideias selecionadas.

Ao longo de uma semana, os selecionados puderam mergulhar nas metodologias do Design, validando hipóteses, entrevistando pessoas e pensando em soluções.

Engajar funcionários em um processo colaborativo de cocriação, trazer aprendizados de diferentes áreas de conhecimento e fomentar ideias que podem contribuir para a organização é uma forma de mostrar que a inovação é um processo que envolve todas as partes interessadas, do operacional até a alta gestão.

No programa, os participantes passaram por uma série de tarefas que ajudaram a gerar confiança no processo de criação dentro do Banco, entendendo o fluxo de ideias e o quanto podem atuar ativamente na transformação da organização.

Com um processo repleto de feedback e muita cocriação, o Bootcamp Leader X também ajudou a implementar uma cultura que ultrapassa o lugar de escuta: a ação dos atores que estão diretamente conectados aos clientes é estruturante para a disseminação da inovação na organização.

Principais benefícios:

  • Trabalho em equipe, cultura de feedbacks e processo de escuta.
  • Cultura de inovação e melhoria contínua.
  • Compreensão da inovação como ferramenta de melhoria da empresa.
  • Proporcionar aos envolvidos enxergar problemas como oportunidades reais.
  • Possibilidade de criação de novos negócios alinhados com a estratégia da corporação.

Gostou desse case?

Gostaria de entender como aplicá-lo à realidade da sua empresa? Fale com um de nossos consultores.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *