CESAR terá recesso de fim de ano para seus colaboradores: ação é recompensa por um 2020 muito produtivo

CESAR terá recesso de fim de ano para seus colaboradores: ação é recompensa por um 2020 muito produtivo

Dois mil e vinte foi um ano e tanto, extremamente exaustivo, tanto física quanto emocionalmente. Apesar dos desafios, foi um ano de balanço positivo no CESAR, quando o trabalho remoto alcançou níveis de excelência, com resultados elogiados por clientes e parceiros. Então, nada mais justo que tirarmos um respiro: pela primeira vez em muitos anos, o CESAR vai entrar em recesso entre os dias 24 de dezembro e 3 de janeiro.

“Foi uma ação desenvolvida entre as áreas de Cultura e de Capital Humano. A gente percebeu que estamos em um ano de exaustão, mas que foi um período em que nos recriamos, um ano muito bom enquanto empresa, com clientes satisfeitos e resultados expressivos. A gente pensou em uma forma de retribuir o esforço dos colaboradores”, diz a diretora de Cultura, Comunicação e Diversidade do CESAR, Roberta Fernandes.

Roberta explica que o CESAR tem foco em trabalhar sua cultura e que tem consciência de que a marca de uma empresa se constrói de dentro para fora. Apesar de um 2020 remoto, o time de Cultura manteve os eventos ativos. Com o CESAR Everywhere, por exemplo, foi trabalhado o senso de pertencimento. “É o CESAR estar em todo o mundo, mas estar perto”, resume a diretora. A gestão do CESAR concordou com a recompensa, e ela não se resume ao recesso. O valor do cartão/cesta de Natal tradicionalmente dado aos colaboradores, por exemplo, foi ampliado; eles e elas também receberam uma mochila e um café da manhã em casa, e puderam assistir a uma palestra com o ator Lázaro Ramos na convenção organizacional de final de ano, o Dia CESAR.

“Acredito muito que o mundo não será mais o mesmo após a pandemia. O CESAR já estuda o modelo híbrido, que é viável. Pode não ser possível sempre, mas o fato de você poder ficar em casa alguns dias e continuar produtivo vai ser o futuro”, explica Roberta.

Cultura interna

Durante todo o ano, o CESAR se manteve próximo dos seus quase 900 colaboradores. Desde a adequação ao processo de trabalho remoto até as condolências com a partida de um parente. Os indicadores internos mostram os resultados galgados pela área de cultura: do índice de 84% de satisfação no primeiro levantamento, o CESAR alcançou mais de 90% na última amostragem feita. “Os colaboradores vêem que o CESAR é uma empresa que tem alma, gerenciada por pessoas com almas. Nosso pensamento é sempre assim: o que fazer para que os colaboradores se sintam melhor?”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.cesar.org.br/wp-content/uploads/2018/08/IMG_9090-1.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: initial;background-repeat: initial;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}