Transformação Digital: é hora de agir!

Transformação Digital: é hora de agir!

Organizações inteiras estão sendo completamente reescritas para permanecerem relevantes. O digital nos negócios não é mais essencial apenas para otimizar a operação, mas para transformar, gerar novo valor e sobreviver no mercado.

No CESAR, a maturidade da transformação digital dos negócios é calculada a partir de eixos, a exemplo de: Cultura e Pessoas, Inovação, Modelos de Negócio, Dados e Ambientes Regulatórios.

Pensando nisso, a da Fonte, Advogados traz os seguintes insights jurídicos multidisciplinares relacionados a quatro desses eixos com o intuito de alavancar a imersão no digital.

 

Cultura e Pessoas
É a perspectiva do ser humano em relação às mudanças na era digital, tanto no papel de líder/autor das transformações como no de instrumento nas novas configurações das sociedades e dos negócios, com foco em práticas de inovação e empreendedorismo transformador dentro das organizações.

Após formalizar contratações bem estabelecidas com empregados ou prestadores de serviço da organização, é essencial alinhar o home office à legislação, gerenciar os riscos envolvidos e revisar rotinas empresariais.

 

Inovação
Saímos de um mundo onde as empresas desenhavam e lançavam sozinhas seus produtos no mercado para um mundo de cocriação e de contínua experimentação. A regra é aprender rápido e inovar continuamente.

O desafio jurídico, nesse aspecto, é definir a propriedade intelectual sobre a inovação e a divisão dos direitos autorais dos cocriadores. Além disso, estabelecer a confidencialidade e conhecer instrumentos de estímulo à inovação são essenciais para apoiar o processo inovador.

 

Modelos de Negócio
Modelos de negócios assimétricos são os principais agentes de ruptura de negócios estabelecidos. As tecnologias digitais que permitem acessar novos mercados e encontrar novas maneiras de crescer. Entender e modelar novos modelos de negócio a partir da jornada da Transformação Digital é essencial para sobrevivência das organizações.

A escolha do Modelo de Negócios é influenciada pela presença de outros sócios ou investidores e será definida em função das regras de participação nos lucros definidas pelos sócios, na exposição a riscos aceita por eles, no regime tributário adotado e na governança pretendida.

 

Dados e Ambientes Regulatórios
Um dos ativos mais valiosos de uma organização são seus dados. Saber usá-los é de extrema relevância para a estratégia e tomada de decisões das organizações atuais. Porém poucas sabem como extrair valor deles e, ao mesmo tempo, assegurar os direitos intelectuais em ativos digitais, a privacidade e a segurança dos consumidores.

Para fazer uma gestão de dados em conformidade com a lei, é necessário observar a Lei Geral de Proteção de Dados e adotar o privacy by design na criação de novos produtos e serviços. É importante identificar a propriedade intelectual sobre os dados que circulam dentro da organização e se há eventual transferência internacional de dados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.cesar.org.br/wp-content/uploads/2018/08/IMG_9090-1.jpg);background-size: initial;background-position: top center;background-attachment: initial;background-repeat: initial;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 650px;}